samuelcamelô@hotmail.com,suelinascimento06@hotmail.com

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Trabalho e Qualidade de vida

Por muito tempo saúde foi caracterizada como ausência de doença formando um conceito muito limitado para uma temática tão abrangente.

Atualmente o termo saúde tem sido abordado de uma forma mais complexa e menos simplista, na concepção de um processo em construção que vislumbra uma relação harmônica entre o indivíduo e o meio, meio este que pode ser o próprio ambiente de trabalho, local onde o trabalhador está inserido e interagindo, influenciando e sofrendo influências.

A presente reflexão propõem repensarmos nosso ambiente de trabalho, enquanto profissionais da saúde, na perspectiva de implementar ações de promoção da saúde com vista a proporcionar qualidade de vida ao trabalhador/cuidador.

É preciso refletir sobre os aspectos que interferem na motivação dos funcionários e propor mecanismos voltados à motivação dos mesmos, de forma que as condições de trabalho não interfiram, más sim colaborem com a redução da vulnerabilidade e riscos à saúde, proporcionando satisfação, motivação, bem estar e alegria.

Uma ferramenta que tem sido muito utilizada em diferentes campos de trabalho, como forma de minimizar os efeitos nocivos da carga de trabalho tem sido a ginástica laboral. Ela consiste, basicamente, na prática de exercícios leves com duração de aproximadamente 15 minutos, realizados durante a jornada de trabalho. Vários autores têm demonstrado por meio de estudos que a referida ferramenta tem apresentado bons resultados, despertando nos trabalhadores o desejo pela prática de atividades físicas, rompendo assim com o sedentarismo tão presente nos dias atuais, e principalmente proporcionando entre os funcionários e colegas de trabalho uma melhor interação.

Conforme (BERGAMASCHI, 2002), entre os efeitos produzidos pela ginástica laboral, estão a redução de dores e dos sintomas de estresse além da percepção de uma melhora significativa no relacionamento entre os trabalhadores e ainda no ambiente familiar.

Deixo aqui como sugestão começarmos a fomentar a possibilidade da aplicação de tal ferramenta em nosso ambiente de trabalho. Acredito que a iniciativa trará benefícios aos servidores e consequente melhoria na qualidade dos serviços prestados.

Em breve postarei novas reflexões sobre o assunto.

Abraços a todos!!!

Fonte da citação:

BERGAMASCHI, Elaine C. Ginastica Laboral: Possíveis implicações para as esferas física, psicológica e social. Atividade Física & Saúde, Rio Claro, v. 7, n. 3 p. 23-29, 2002.

domingo, 28 de agosto de 2011

CONGRESSO DA REDE UNIDA


A Associação Brasileira Rede Unida (ou para os íntimos Rede Unida) reúne projetos, instituições e pessoas interessadas na mudança da formação dos profissionais de saúde e na consolidação de um sistema de saúde equitativo e eficaz com forte participação social. A principal ideia força da Rede Unida é a proposta de parceria entre universidades, serviços de saúde e organizações comunitárias. Não se trata de qualquer parceria: trata-se de uma modalidade de co-gestão do processo de trabalho colaborativo, em que os sócios compartilham poderes, saberes e recursos.
Por ser uma Associação de abrangência Nacional, a Rede Unida prima por estimular a produção de estudos e pesquisas, desenvolvimento de tecnologias alternativas, produção e divulgação de informação e conhecimentos técnicos e científicos que digam respeito às atividades de promoção da educação e da saúde em todo o País, bem como de proposição de novos modelos sócio produtivos e de sistemas alternativos de produção que fortaleçam o campo da saúde a fim de garantir e ampliar a cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais.

Neste sentido, é tarefa prioritária da Rede Unida reafirmar o processo histórico de luta pela reforma sanitária e democratização da saúde a fim de fortalecer o SUS por meio de mudanças na formação profissional em saúde. Para tanto, é desafio da Rede induzir modelos de educação profissional interdisciplinares, multiprofissionais e que respeitem os princípios do controle social e do SUS. E, assim, promover tessituras entre educação, saúde e sociedade a partir da formação de trabalhadores críticos e reflexivos, capazes de realizar leituras de cenário, identificar problemas e propor soluções no cotidiano de sua prática profissional.

Secretaria Executiva – Rua São Manoel, nº 498 Bairro Santa Cecília - Porto Alegre/RS CEP:90620-110
Fone: (51) 3391-1252
Site: www.redeunida.org.br
E-mail: comunica@redeunida.org.br


TEXTO INTEGRAL DO SITE: http://www.redeunida.org.br/rede-unida/apresentacao

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ação Global
participação da comunidade, das unidades de saúde ESF 17, 27, 18 e 19 e a Secretaria de Saúde...
Doutor Urias orientando as crianças na escovação dos dentes...Turma da Alegria...
Corte de Cabelo...
Cadastro do Bolsa Família ...