samuelcamelô@hotmail.com,suelinascimento06@hotmail.com

quinta-feira, 16 de abril de 2009

ESF 17 & CRAS, tem tudo para dar certo.



Acreditamos que as parcerias são fundamentais para que os trabalhos sejam mais abrangentes e eficazes. Com uma unidade do CRAS (Centro de Reabilitação e Assistência Social) instalada ao lado de nossa unidade de saúde e a disponibilidade e comprometimento daquelas que estão à frente deste serviço, com certeza nossos trabalhos terão um salto de qualidade.

Desde já agradecemos estas, que já consideramos nossas parceiras.
PARTICIPANTES DO HIPERDIA DA ACS SUELI

quarta-feira, 1 de abril de 2009

TENDA PAULO FREIRE NO 3CBEU

video

TENDA PAULO FREIRE

Acontecerá em Dourados o 4 Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, e lá teremos a Tenda Paulo Freire, com várias apresentações, rodas de cconversa, momentos para troca e discussão sobre Educação Popular! Não perca! Em breve mais informações..

Por enquanto agende a data....

PALESTRA DO PROFESSOR EYMARD VASCONCELOS NA UEMS





Texto retirado do site da UEMS - www.uems.br

Evento realizado pelo curso de Enfermagem mobiliza profissionais, acadêmicos e professores em prol da humanização



Em palestra realizada pelo curso de enfermagem da UEMS no dia 20/03 sob o título “Educação Popular e Atenção à Saúde da Família”, o médico e palestrante Eymard Mourão Vasconcelos, docente da Universidade Federal de Paraíba, conseguiu além de auditório lotado, uma interação incomum em palestras da área da saúde: aplausos, gargalhadas e comentários rechearam a atividade que chamou a atenção de cerca de 200 acadêmicos e profissionais de diversas instituições.

Completamente à vontade, o médico falou sobre a importância de se humanizar o atendimento em saúde e da importância de reconhecer na comunidade um local de aprendizado, interação e serviço.

De acordo com o palestrante, dentre os objetivos estava o de discutir a inserção dos profissionais da saúde na comunidade. “Inserir-se na comunidade de maneira produtiva é uma arte e um saber”, destaca o professor ao falar da importância de se disseminar os processos de educação popular. Além da humanização na relação entre profissional e paciente, Eymard deixa claro a necessidade de se desencadear processos em que a comunidade tome a iniciativa de lutar por melhores condições de saúde.

Para a coordenadora do curso de enfermagem, Fabiana Perez Rodrigues, o evento superou as expectativas tanto com relação à quantidade de público quanto devido à qualidade do debate e participação. Ela destaca que prestigiaram o evento, acadêmicos e professores de outros cursos e instituições além de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde. “Acredito que a palavra que descreva essa palestra seja mobilização. Mobilizou-se o acadêmico, os professores e os profissionais, principalmente os de atenção primária.” De acordo com Fabiana, os objetivos da palestras foram amplamente alcançados.

Para o aluno de biomedicina do 5º semestre da Unigran, Wellington Sordi, a discussão surpreendeu. “De uma maneira interessante o professor está demonstrando que não importa só ser o melhor aluno da sala, dominar toda a teoria. A humanização, alma e sentimentos muitas vezes valem mais”.

Maria Alice Campagnoli Otre
ACS-UEMS