samuelcamelô@hotmail.com,suelinascimento06@hotmail.com

quinta-feira, 26 de junho de 2008

NOVO BLOG SOBRE AÇÕES DE UMA EQUIPE DE PSF

A enfermeira Marjorie de Vicentina está com um blog paar divulgar as atividades da estratégia de saúde da Família de Vicentina. Vale a pena conferir e apoiar o trabalho dela!Essa é uma das postagens do blog:



Encontro Municipal de Gestantes realizado pelas 2 ESF do municpio no Centro de Múltiplo Uso em Vicentina. Nesta ocasião as gestantes passaram o dia recebendo orientações sobre gestação e puericultura com os profissionais da área de saúde(psicologo, nutricionista,médicos, dentistas,enfermeiras e fisioterapeuta) além de fazerem uma visita ao Hospital Municipal para conhecer o centro cirúrgico onde acontece o parto.

Marjorie parabéns pelo seu trabalho!Parabéns à toda a sua equipe!! Continuem assim!
abraços

segunda-feira, 23 de junho de 2008

FINALIZAÇÃO DO PROJETO ODONTO-UNIGRAN

A professora Pollyanna fez uma apresentação de conclusão do projeto para seus alunos no último dia de aula.... com fotos do projeto e mensagens de encorajamento! Vale a pena assistir" video

NOTÍCIAS NA PÁGINA DA UNIGRAN


Sexta-feira, 20 de Junho de 2008
Estudantes comemoram projeto de Odontologia com festa junina.
Junto com equipes de PSF, acadêmicos realizaram observações de saúde bucal na Vila São Braz.
Alunos de Odontologia da UNIGRAN concluíram nesta terça-feira, 17, participação em projeto de atenção em saúde, na Vila São Braz, organizando uma festa junina para a comunidade. Intitulado “Odonto-UNIGRAN na Estratégia de Saúde da Família”, alunos do primeiro semestre do curso fizeram entrevistas, buscando conhecer as famílias do bairro e, a partir daí, fornecer orientações básicas de higiene bucal.

O projeto foi coordenado pela professora Pollyanna Borges, que ministra aulas de Saúde Coletiva I, para o curso de Odontologia, em parceria com a professora Cibele de Moura Sales, do curso de Enfermagem da UEMS. Os alunos acompanharam os agentes de saúde do Posto de Saúde da Família (PSF) de casa em casa para conhecer um pouco mais da realidade da saúde coletiva.

“O objetivo do trabalho é integrar os alunos do primeiro ano do curso nas estratégias da saúde da família, dando enfoque à saúde bucal”, disse o coordenador do curso de Odontologia, Alcides Moreira. Os acadêmicos entenderam a importância da proposta. “Antes de trabalhar com eles, vou procurar conhecer meus pacientes”, afirmou a acadêmica Nadielly Yamakawa Brandão.

Para o próximo semestre está programado um novo projeto. Os alunos irão acompanhar os tratamentos odontológicos nos postos de saúde, dentro da disciplina de Saúde Coletiva II. (MC)

sexta-feira, 20 de junho de 2008

EQUIPE 17 EM AÇÃO

video

GRAVIDEZ E ADOLESCÊNCIA



Foram realizadas atividades educativas na CASA CRIANÇA FELIZ, que é coordenada por uma ONG que atende meninos e meninas de 6 a 16 anos. As atividades foram realizadas com meninos e meninas de 10 a 16 anos sobre Prevenção da Gravidez na Adolescência.



A gravidez na adolescência envolve, dente outros aspectos, num campo mais amplo, questões relacionadas ao ser adolescente e, num sentido mais específico, aspectos ligados à sexualidade. A adolescência caracteriza-se por ser um período de descoberta do mundo, dos grupos de amigos, de uma vida social mais ampla. Assim, a gravidez pode vir a interromper, na adolescente, esse processo de desenvolvimento próprio da idade, fazendo-a assumir responsabilidades e papéis de adulta antes da hora, já que dentro em pouco se verá obrigada a dedicar-se aos cuidados maternos.

O prejuízo é duplo: nem adolescente plena, nem adulta inteiramente capaz. A adolescência é também uma fase em que a personalidade da jovem está se formando e, por isso mesmo, é naturalmente instável. Hoje, os meninos e meninas entram na adolescência cada vez mais cedo. O início Puberdade fase em que nos meninos surgem a ejaculação e da menstruação indicam que eles estão começando a sua vida fértil, isto é, que chegaram àquela fase da vida em que são capazes de gerar um bebê.

Este projeto teve por objetivo promover o conhecimento dos riscos e repercussões de uma gestação na vida das(os) adolescentes da Casa Criança Feliz.
O projeto possuiu o intuito de abranger atividades como dinâmicas de grupo e psicodinâmica, palestras de promoção à saúde, informações necessárias as adolescentes sobre gravidez na adolescência, os riscos que ocorrem na gestação e as mudanças que na vida de uma mulher e de um homem, quando torna-se pais e orientação sobre as formas de prevenção de uma gravidez indesejada.




Acadêmicas de psicologia que executaram as atividades foram: Claudia Sguissardi, Cyntia Thais, Fernanada Martins , Lillian Machado e Sandra Mara

quarta-feira, 11 de junho de 2008

TEATRO SOBRE DENGUE








Um outro grupo de acadêmicas de psicologia esteve trabalhando o tema DENGUE...tema importantíssimo!
Foi muito interessante! Estão de parabéns!!

DICAS DE RELAXAMENTO E EQUILÍBRIO



Essas foram algumas das dicas dadas pelas acadêmicas de psicologia!!

ESF-17 - SEM ESTRESSE

As acadêmicas de psicologia da UNIGRAN, sob coordenação da professora Elizete, realizaram vários encontros com os integrantes da equipe 17, atividade a qual chamaram ESF -17 - SEM ESTRESSE. Todos amaram!! A equipe há tempos vinha solicitando "terapia". Obrigada pelo esforço e empenho!! A equipe 17 agradece!!



Os fatores estressores advêm do meio externo, ambiente social, mundo interno, e do trabalho. Agentes na tarefa do Preço do estresse.



Dinâmica caçador, velha e onça - Combinando o que fazer....



Equipe entrosada é assim: até sem combinar está na mesma sintonia...



Estagiárias e agentes... após o encontro.
da esquerda para a direita: Monay, Sueli, Joice, Marlene, Geni, Maria Helena, Rita, Marilisa, Valdete e funcionária do ESF-17.




Da esquerda:Monay, Sueli, Marlene, Geni, Joice, Rita, Marilisa, Valdete e Denise. Nas fotos está faltando uma colega das estagiárias que não pode comparecer no último encontro (Tábita).

terça-feira, 10 de junho de 2008

TRABALHO DE EDUCAÇÃO POPULAR NA III MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA FAMÍLIA (clique aqui)

O trabalho desenvolvido em Rio Negro foi aprovado para ser apresentado em Brasília agora em agosto de 2008. É um trabalho sobre o programa na rádio chamado "Saúde Comunitária", realizado pelos profissionais de saúde do PSF em Rio Negro. A idéia é muito boa e é uma ótima sugestão para ser desenvolvida por outros profisionais de saúde em outras localidades!! O trabalho na íntegra está no blog http://psfequipeurbanams.blogspot.com
O vídeo sobre atitude diz bem disso mesmo (postagem anterior).... só é preciso começar e os resultados serão colhidos!!!
Vou colocar aqui o resumo do trabalho para "atiçar" a leitura!!


PARTILHANDO INFORMAÇÕES, CONSTRUINDO CIDADANIA: EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE VIA RÁDIO COMUNITÁRIA


RESUMO

Esse projeto é desenvolvido pela Equipe de Saúde da Família da área urbana em parceria com a rádio FM comunitária Rio Negro desde 2005. O programa de radio foi criado em Curitiba, como trabalho de conclusão do curso de Enfermagem da PUCPR. Em Rio Negro passou por diversas transformações até chegar ao formato que tem hoje. Inicialmente tinha 10 minutos e ia ao ar toda terça-feira às 16 horas. Na segunda fase passou a ser apresentado nas sextas-feiras entre as 10 e 30 e às 11 horas. Atualmente vai ao ar toda quarta-feira entre às 10 e às 11 horas. As atividades em torno do programa e a apresentação é parte integrante das atividades de rotineira da equipe. Envolvem-se com o preparo e execução do programa: Enfermeiro, Auxiliar de Enfermagem, Nutricionista e Agentes Comunitários de Saúde. Alguns quadros, como “o povo do SUS”, são gravados e editados com antecedência e apresentados ao vivo. O programa chama-se “Saúde Comunitária”. Não é um programa de um servidor, mas sim de toda equipe. Geralmente são 3 a quatro participantes por semana. Alguns servidores atuam nas pesquisas e desenvolvimento dos temas e não necessariamente na frente dos microfones. Conforme o tema são convidados outros profissionais e principalmente populares, pois nossa intenção também é criar um diálogo entre o saber popular e o saber técnico científicos dos servidores da saúde. O propósito básico do projeto é partilhar informações com a população e com os servidores, motivar debates em torno de temas importantes para saúde e cidadania, mobilizar a população para participação nos projetos e programas presenciais, divulgar serviços, contribuir com a conscientização dos servidores quanto ao nosso trabalho. Trabalhamos cotidianamente com a idéia de autonomia da população, por isso nos preocupamos em não fazer um programa do tipo “receitas de uma vida feliz”, pois essa formula não condiz com os novos pressuposto de saúde promovido pelo SUS.

ATITUDE - FAZ TODA A DIFERENÇA

video

segunda-feira, 9 de junho de 2008

PRECISAMOS DE VOCÊ!!! RECICLE SEU VIDRO E NOS AJUDE!




A nossa campanha de coleta de vidros continua!! Não jogue nem um único vidro mais no lixo, guardem todos e nos avise que vamos buscar na sua casa se for preciso!!

Esses vidros serão vendidos a uma empresa de reciclagem de vidros aqui de Dourados e o dinheiro utilizado para ações de promoção de saúde na Vila São Braz, pela equipe de saúde da Estratégia de Saúde da Família 17. Se desejar, pode levar os vidros também direto ao Posto de Saúde lá da Vila São Braz, que tem um local para coleta e armazenamento destes. O telefone do posto é 3424 - 8315. Podem falar com a enfermeira Joana, com o Elcio, com as Agentes de Saúde Sueli, Marlene, Rita, Valdete e Geni.

Tenho algumas idéias para você que é professor.... monte gincana com seus alunos (ganha quem trouxer mais vidros para ajudar a equipe 17 a melhorar a saúde dos moradores da Vila São Braz)...
Outra opção é convidar o empresário (dono da empresa de reciclagem de vidros)para fazer palestra sobre reciclagem, história do vidro, questões ambientais. Ele tem um material educativo muito interessante e parcerias com profissionais que trabalham com questões ambientais!! Se quiser convidá-lo para ir na sua escola, empresa, hospital.... faça contato comigo pelo email cm.sales@terra.com.br que eu intermedio o contato.

Pense quão nobre será sua ação: contribui para a formação da cidadania dos seus alunos, funcionários etc, colabora com a questão ambiental e ainda colabora com a saúde e avanço do Sistema Único de Saúde ( que muitos tentam boicotar por interesse nada altruístas... podemos conversar sobre isso uma outra hora!!!).









O vidro é 100% reciclável, mas no ambiente não se decompõe rapidamente.. falam que demora 4000 anos!! Daqui alguns anos onde vamos colocar tanto lixo???
Segundo um artigo produzido para vestibulandos, são produzidos por dia 70 milhões de kilo de lixo por dia, sendo que desse volume 76% vão para lixões a céua aberto, 10% para lixões controlados, 9% para aterros sanitários e somente 2% é reciclado.

Vamso mudar essa realidade e ainda ajudar a Vila São Braz?? Seja nosso parceiro!!
Contamos e precisamos de você!!!

Uma boa noite!!! E lembre-se... guarde os vidros todos!!!

VENDO O INVISÍVEL

Esse texto me fez refletir....
Gostaria de compartilhar com vocês ele na íntegra....é de um amigo meu da época da meninice... nos idos de 1986!!Ele já era genial...



Já faz alguns dias que uma idéia, uma frase, tem trazido um certo grau de incômodo cerebral. Como se os meus neurônios estivessem pedindo para que suas sinapses se transformassem em texto e então postadas em papel e depois expostas no intangível universo do mundo virtual.

Você já viu alguém invisível?

Não, não! Não falo aqui de experiências místicas, sobrenaturais ou do mundo do "aquém do além adonde veve os mortos", como dizia o vampiro-brasileiro, Bento Carneiro. Falo de ver ou melhor, de não ver quem está todo o tempo ao nosso redor. Falo de pessoas, de gente e gente viva.

Estas visíveis-pessoas-invisíveis nos observam, nos prestam serviços, nos olham e olhamos nós para elas também mas é como se elas não estivéssem ali; nossos olhos vão além e nada vêem a não ser a difusa forma humana sem rosto, sem corpo, sem alma.

Nas ruas, nos supermercador, nos shoppings, nos coletivos, nas igrejas, nas casas... o exército de visíveis-invisíveis é imenso e a todo o tempo aumenta mais. São indigentes, abandonados, garis, domésticas, empregados, vizinhos, visitas... para estes e outros tantos por vezes agimos com impessoalidade. Não damos a atenção sequer mínima de num ato de cortesia e civilidade expressar com um cumprimento, uma saudação votos de respeito.

A ciência já comprovou os benefícios que advêm do desejar, por exemplo, um bom-dia aos outros. Mas eu, nós, insistimos em esconder nossa, minha, incapacidade de ir além de mim, nós mesmos.

Ver o visível-invisível requer exercício de doação; de esvaziar-se do orgulho jactante ou da timidez enclausurante e valorizar o outro porque ele é como eu, nós, somos: pessoa. Tem rosto, tem corpo, tem alma.

Blog do Estefenson Prado
http://ideiadogelo.blogspot.com/2008/06/vendo-o-invisvel.html

sexta-feira, 6 de junho de 2008

IV ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE



Esse encontro é imperdível!!!!


As incrições para apresentação de trabalhos estará aberta a partir do dia 09 de junho de 2008, com encerramento para o dia 27 de junho de 2008. Estarão possibilitadas as inscrições dos seguintes tipos de trabalhos:

* Pesquisas no campo da educação popular e saúde;
* Revisões bibliográficas acerca da educação popular;
* Estudos de caso no campo da educação popular e saúde;
* Relato de experiências;
* Sistematização de práticas.

Esses trabalhos podem ter sido realizados por profissionais e pessoas atuantes nos movimentos de educação popular em saúde do Brasil ou de outras nacionalidades, bem como pesquisadores e interessados nos temas que serão debatidos no Encontro.

Serão considerados os trabalhos nas seguintes eixos temáticos:

I: Gestão Participativa, participação popular e controle social

II: Práticas Integrativas e Dialógicas em saúde junto aos movimentos sociais e práticas populares em saúde.

III: Formação e extensão universitária na perspectiva da EP e Saúde.

IV: Arte, dialogicidade e interculturalidade

V: Pesquisa, sistematização e produção de conhecimento na perspectiva da educação popular e saúde.

Clique no link veja a programação no blog do Encontro, ou acesse http://enepsfortaleza.blogspot.com

CARAMUJO AFRICANO

Os acadêmicos de psicologia da UNIGRAN, sob coordenação da professora Elizete Comerlato realizaram várias atividades educativas junto à comunidade da Vila São Braz e com a equipe do PSF 17. Um dos temas abordados foi sobre o Caramujo Africano e os riscos para à saúde! Abaixo está um panfleto montado por eles para informar a população sobre os cuidados que são necessários para não ser contaminado por doenças trasnmitidas pelo Caramujo Africano!




Ele é grandão, mede de 10 a 20 cm e pesa até meio quilo e, é danado para comer plantas e frutas que vê pela frente. Muito cuidado com o Caramujo Africano! Transmite doenças através da gosma que deixa na pele das pessoas, em hortaliças e frutas e por onde passa. Ataca o intestino, dá dor na barriga, febre, enjôo, vômitos, diarréia, dor de cabeça e até meningite. Se esbarrar com algum por aí, fique longe, o Caramujo Africano pode causar até a morte!

Todo o Cuidado com ele!
Evite o contato direto; proteja as mãos com luvas de borracha ou saco plástico, se tiver que pegar no bicho; Fale em casa para lavar bem as verduras, legumes e frutas que entraram em contato com ele. E depois, deixar em 1 litro d´água, com 1 colher de sopa de água sanitária por 15 ou 30 minutos. Daí, lavar com água potável.
ELE PARECE INOFENSIVO, MAS, NÃO É!!!






QUE DOENÇAS O CARAMUJO AFRICANO PODE TRANSMITIR?
1 - ANGIOSTRONGIALIASE MENINGOENCEFALICA: é causado pelo verme localizado na secreção do caramujo.
SINTOMAS: dor de cabeça forte e constante, rigidez na nuca e distúrbios do sistema nervoso. Pode levar a cegueira e a paralisia.

2 – ABGIOSTRONGILIASE ABDOMINAL: doença grave, também causada pelo verme localizado na secreção do caramujo.
SINTOMAS: dor abdominal, febre prolongada, falta de apetite, vômitos, náuseas, mal-estar. Pode levar á morte por perfurar o intestino e causar hemorragias.

VOCÊ TAMBÉM PODE AJUDAR A COMBATER O CARAMUJO AFRICANO

PARA ELIMINÁ-LO TOME ALGUNS CUIDADOS:




Pegue-os com luvas ou sacos plásticos nas mãos;
Cave um buraco de aproximadamente 80cm e jogue-os dentro;
Coloque fogo ou jogue cal virgem dentro do buraco;
Enterre o buraco para evitar contaminação.



FIQUE ESPERTO!!!!!
Acadêmicos de psicologia: Gisele de Oliveira Guarniéri, Narlete Pereira dos Santos, Valdereis Rocha Nogueira , Jorge Zacarias, Elma Aparecida Gonçalves, Valeria Souza Gil e Geise Felippi.