samuelcamelô@hotmail.com,suelinascimento06@hotmail.com

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Dinamica
Ganhadores

3ª Corrida da Luz

Apenas com as crianças




Corrida do Ovo

sábado, 3 de setembro de 2011

Trabalho e Qualidade de vida II

A qualidade de vida tem se tornado uma condição muito almejada pelo trabalhador, e isso nos mais diversos setores: sejam eles de produção ou de serviço. Ela se traduz na busca por satisfação, saúde, alegria motivação e bem estar. Para desfrutar de boa qualidade de vida é preciso viver de forma equilibrada, procurando ter hábitos saudáveis, adaptando-se para o enfrentamento das pressões e imprevistos da vida, tanto na dimensão do trabalho como no lazer, buscando viver mais conscientemente e em harmonia com o meio ambiente, as pessoas e consigo mesmo.

Por outro lado, quando as condições do trabalho não contribuem para a qualidade de vida, acaba gerando no trabalhador sentimentos de insatisfação, desencadeando uma série de reações como monotonia, fadiga, falta de motivação e estresse, caracterizados por Deliberato (2002) como aspectos psicofisiológicos da interação homem/trabalho.

Neste contexto conclui-se que sendo o ambiente de trabalho uma extensão de nossas vidas, visto que em muitos casos é o local onde o indivíduo passa maior parte do seu tempo, deve este configurar-se num espaço amistoso, motivador, agradável, minimizando ou até eliminando os efeitos nocivos que as atividades de trabalho poderiam gerar.


Fonte da citação:
DELIBERATO, Paulo C. P. Fisioterapia Preventiva – Fundamentos e aplicações. 1ª
ed. - Barueri, SP: Editora Manole Ltda, 2002.